Semiárido baiano recebe R$ 3 milhões para financiar 243 projetos

MinC, Secult e Funceb anunciam resultado do edital Microprojetos Mais Cultura nesta quinta-feira, na abertura da III Conferência Estadual de Cultura da Bahia.

Lista total de projetos selecionados (retificado 18.12.2009)

Lista total de projetos pré-selecionados (retificado 18.12.2009)

Lista total de projetos inscritos (retificado 10.12.2009)

Jovens de 211 municípios do semiárido baiano serão beneficiados pelo edital Microprojetos Mais Cultura, uma ação do Ministério da Cultura – MINC, realizada pela Secretaria Estadual de Cultura – SECULT, através da Superintendência de Cultura – SUDECULT e pela Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB, que destinará R$ 3 milhões para financiar 243 projetos, que abrangem 24 territórios de identidade do estado.

A secretária de Articulação Institucional do Ministério da Cultura e coordenadora executiva do Programa Mais Cultura, Silvana Meireles, e o secretário de Cultura da Bahia, Márcio Meirelles, anunciam as propostas aprovadas nesta quinta-feira, 26 de novembro, às 19h, durante a abertura da III Conferência Estadual de Cultura da Bahia, que acontece em Ilhéus. Também participam do evento a superintendente de Cultura da Bahia, Ângela Andrade e a diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Gisele Nussbaumer.

O objetivo do Microprojetos Mais Cultura é promover a diversidade cultural do semiárido baiano por meio do financiamento não reembolsável de projetos de artistas, grupos artísticos independentes e pequenos produtores culturais da região. As iniciativas contempladas, nas mais diversas linguagens, têm como beneficiários ou proponentes jovens entre 17 e 29 anos.

“Este é o primeiro edital do Ministério da Cultura específico para o semiárido, região de grande riqueza cultural, mas historicamente sem acesso a financiamento para pequenas produções. Com essa ação, por meio de parceria com governos estaduais e Banco do Nordeste, estamos democratizando o acesso a crédito para apoiar as múltiplas expressões culturais do semiárido, contribuindo para promover a cidadania e a autoestima de milhares de jovens”, destaca a secretária do MinC.

Para o secretário Márcio Meirelles, o projeto consolida a política de descentralização que a Bahia vem desenvolvendo em parceria com o Ministério da Cultura. “Em 2009, passamos a apoiar 150 Pontos de Cultura em todos os territórios de identidade do estado, e agora usamos o mesmo critério de distribuição territorial dos recursos para selecionar os 243 projetos que irão contribuir para impulsionar a produção cultural do semiárido baiano, dentro de uma política afirmativa de redução da pobreza e promoção do desenvolvimento social através da cultura”, ressalta.

De acordo com ele, o sucesso do edital, que contou com 1.166 inscritos de 231 cidades, reafirma a possibilidade de construção de um pacto federativo entre as esferas federal, estadual e municipal para promoção do desenvolvimento cultural em todo o estado. “Considero um projeto piloto, porque pela primeira vez trabalhamos em parceria com o governo federal e com os municípios, que se responsabilizaram pela realização das inscrições e pré-seleção dos projetos”, conclui.

Após o anúncio oficial, a lista dos projetos contemplados estará disponível nos sites do Programa Mais Cultura (www.maiscultura.gov.br), do Ministério da Cultura (www.cultura.gov.br), da Funarte (www.funarte.gov.br), da FUNCEB (www.funceb.ba.gov.br), do BNB (www.bnb.gov.br) e do INEC (www.inec.org.br).

Mobilização – O resultado expressivo do edital é reflexo de investimentos contínuos, como a realização anterior de conferências e oficinas. Foram, assim, feitos esforços para mobilizar as comunidades e facilitar a participação pública, inclusive na atuação de Representantes Territoriais da Cultura e na formatação simplificada do edital.

Para tanto, durante todo o processo de seleção, encerrado no dia 30 de setembro, a Fundação Cultural contou com a colaboração de 36 prefeituras municipais na etapa de inscrição – tendo 24 delas participado na etapa de pré-seleção – e de 24 comissões territoriais formadas por representantes locais, além das parcerias com o Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura; Coordenação Estadual dos Territórios e Conselhos Territoriais; Comitê Gestor Estadual do Pacto Nacional “Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semiárido”; Conselhos Municipais de Cultura e Conselhos Municipais de Educação.

O Microprojetos é uma ação do Mais Cultura, principal programa do governo federal para promover o acesso da população a bens e serviços culturais. Na Bahia, a inciativa é desenvolvida em parceria da Funarte, da Secretaria Estadual de Cultura, através da Superintendência de Cultura – SUDECULT e da Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB, com o apoio do Banco do Nordeste – BNB, através do Instituto Nordeste Cidadania – INEC.

PROPONENTES DOS PROJETOS COM PONTUAÇÃO MÁXIMA

1) Irineu Alves dos Santos

Projeto: Sons do Raso – banda de pífanos do Raso da Catarina

Área Artística: Música

Município: Macururé

Tel: 75 3284-2159 / 71 9194-0206

E-mail: bendego@gmail.com

2) Alexandrina Maria Carvalho da Silva

Projeto: I Colóquio sobre a história do teatro no Piemonte Norte do Itapicuru – o centenário de José Carvalho

Área Artística: Artes Cênicas

Município: Senhor do Bonfim

Tel: 74 3541-5738

E-mail: xanda_xanbinho@hotmail.com

3) Associação Comunitária Agropastoril e Quilombola do Povoado de Lages dos Negros

Projeto: Kantoquilombo

Área Artística: Artes Integradas

Município: Campo Formoso

Tel: 74 3553-7066 (para recado)

E-mail: hiltaaraujo@bol.com.br

4) Associação de Desenvolvimento Rural do Povoado de Quixabeira

Projeto: Costurando Sonhos e Bordando Realidades

Área Artística: Artes Integradas

Município: Adustina

Tel: 75 9909-5381

E-mail: generorose@hotmail.com

5) Talita Nobre Pessoa

Projeto: Oficina de Teatro: o ator criador no universo da cultura popular

Área Artística: Artes Cênicas

Município: Wagner

Tel: 75 8808-4373

E-mail: nobretalit@hotmail.com

(atualizado 02/12/2009 )
Anúncios

Os comentários estão desativados.