Conversas sobre Cultura – Xisto Bahia trata de “Formação e Profissionalização do Artista”

Nesta sexta-feira (20/8), 3ª edição de iniciativa que abre espaço para falar e ouvir sobre ações e projetos culturais discute possibilidades de profissionalização do artista

Depois de debater questões de “Manutenção de Grupos” e “Residência e Ocupação de Espaços”, o Conversas sobre Cultura – Xisto Bahia chega à terceira edição nesta sexta-feira, 20 de agosto, para tratar do tema “Formação e Profissionalização do Artista”, das 14 às 18 horas. Instalado no foyer do Espaço Xisto Bahia (Barris) e aberto ao público, gratuitamente, o projeto reúne protagonistas exemplares dos temas propostos, para que eles próprios possam apresentar a realidade prática da atuação na área cultural.

A questão de formação e profissionalização foi sugerida pela própria classe artística durante a primeira edição do Conversas sobre Cultura – Xisto Bahia, em julho. Mostrando ser esta uma demanda importante para o desenvolvimento do setor, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), promotora da iniciativa, incluiu a pauta na programação. A ideia é de provocar uma reflexão conjunta sobre o valor da profissionalização do artista, não apenas para reunir dados e indicadores (o que essencialmente se faz a partir de números formais), mas também para qualificar o diálogo entre Estado e sociedade organizada, contribuindo assim com a construção efetiva de políticas públicas culturais.

Às 14 horas, o encontro vai reunir representantes do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Diversões do Estado da Bahia (SATED-BA), da Cooperativa Baiana de Teatro, da Frente de Descentralização de Dança na Bahia, do Fórum de Dança da Bahia e da Cia. Sapato do Meu Tio, num debate específico da realidade da formação e da profissionalização de artistas na Bahia. Em seguida, às 16 horas, o Sitorne – Estúdio de Artes Cênicas, as Escolas de Teatro e de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Escola de Dança da FUNCEB discutirão o papel das instituições neste contexto.

Com o depoimento destes convidados, pretende-se abrir o olhar sobre as diferentes possibilidades de profissionalização do artista. Sabe-se que os caminhos formais (escolas e universidades) dão conta de parte desta formação, mas há outros espaços tão importantes quanto, que fazem parte do dia-a-dia e do aprimoramento da classe: as experiências em grupos e companhias, workshops, residências, cursos, participação em festivais e mostras e, claro, o próprio “estar no palco”.

A edição seguinte do Conversas sobre Cultura vai propor discussão sobre “Mecanismos de Apoio: A Visão dos Proponentes”, em data a confirmar.

Serviço
Conversas sobre Cultura – Xisto Bahia
3ª edição: “Formação e Profissionalização do Artista”
Quando: 20 de agosto de 2010 (sexta-feira), das 14 às 18 horas
Onde: Foyer do Espaço Xisto Bahia (Rua General Labatut, 27 – Barris)
Quanto: Gratuito

Saiba mais sobre o Conversas sobre Cultura aqui.

Anúncios

Os comentários estão desativados.