Seminário de Economia da Dança começa dia 30 em Salvador

Evento abre diálogo sobre gestão em dança e mobilidade na América Latina

A Rede Sulamericana de Dança (REDSD) e a Plataforma Internacional de Dança (PID) promovem, entre os dias 30 de agosto e 4 de setembro, o Seminário de Economia da Dança: fluxos colaborativos de gestão para a mobilidade na América Latina. Serão seis dias de atividades, de segunda a sábado, das 9 horas às 18h30, no Auditório Orlando Moscozo (SEBRAE – Dois de Julho), com entrada gratuita. O evento contará com a presença de gestores culturais de todos os países de América do Sul, visando à colaboração na coordenação de ações e programas que beneficiem a mobilidade e a integração cultural na região em relação à linguagem da dança. A programação contempla palestras, mesas de trabalho e discussões em torno dos fluxos colaborativos na América Latina. O Seminário de Economia de Dança tem como principal apoiador a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

A REDSD e a PID são organizações que trabalham para o desenvolvimento da dança na América Latina. Esta iniciativa é parte das ações contínuas que o Programa de Mobilidade REDSD 2010-2012 organiza em função de identificar ações, projetos e políticas públicas de fomento ao diálogo e ao intercâmbio de trabalhos latino-americanos. A primeira discussão sobre este tema foi em 2008, durante o Festival Panorama de Dança no Rio de Janeiro, onde o Seminário que chegou à Bahia em 2009 foi então realizado.

A programação do Seminário de Economia da Dança será construída de forma colaborativa, buscando abordar os interesses das parcerias locais e regionais, com mesas-redondas, workshops de capacitação e grupos de trabalho que serão organizados a partir dos eixos “Ampliação da articulação e colaboração regional” e “Capacitação do setor”. A programação completa do Seminário de Economia da Dança você confere aqui: http://u.nu/34xve.

Além de expositores brasileiros como Gustavo Vidigal (secretário-geral do Conselho Nacional de Políticas Culturais do Ministério da Cultura – MinC), Marcelo Bonés (diretor do Centro de Artes Cênicas da Fundação Nacional de Artes – FUNARTE), Lorena Pinto Coelho (assessora de Economia da Cultura da SecultBA), Alexandre Molina (diretor de Dança da FUNCEB), nomes de referência na área da economia da dança da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, Peru, Uruguai e Venezuela estarão presentes no evento. O seminário conta também com a participação de gestores de outros estados brasileiros (São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro) e 14 mobilizadores de dança do interior da Bahia, que participarão de uma capacitação para o desenvolvimento de ferramentas para o trabalho em rede, a ser realizada na Escola de Dança da FUNCEB.

A coordenação geral do Seminário de Economia da Dança fica a cargo de Lúcia Matos, membro do grupo gestor da Rede Sulamericana de Dança: “Acreditamos que a partir do diagnóstico das especificidades locais e das necessidades regionais neste Seminário, podemos construir metas e ações colaborativas que contribuirão para o desenvolvimento da Dança na América Latina”, afirma.

SOBRE A PLATAFORMA INTERNACIONAL DE DANÇA – PID
A Plataforma Internacional de Dança configura-se como um conjunto de ações e articulações voltadas para a classe de trabalhadores da dança, envolvidos no universo de suas construções contemporâneas. Pretende ser mais do que um evento anual onde se apresente uma vitrine de artistas, como um celeiro de trocas artísticas e metodológicas; a ideia é também, em 2010, passar a ser um espaço de oportunidades de intercâmbios e produção de conhecimentos acerca do que representa todo o labor da dança.

Um interesse direcionado na ampliação de conhecimentos e trocas, criação de redes de contatos e capacitação profissional demanda continuidade e fluxos colaborativos – tema transversal da PID em 2010-11, revelando assim a diretriz política desse projeto e fundamentando todas as escolhas e ações. Esta plataforma está planejando um calendário de 15 meses, onde acontecerão diversos eventos, encontros, capacitações e ações que somam à realidade baiana um universo de opções para desenvolver estratégias, pensamentos e ações que aportam, a este campo, uma visibilidade frente ao resto do país e da América Latina.

SOBRE A REDE SULAMERICANA DE DANÇA – REDSD
A Rede Sulamericana de Dança é uma iniciativa de integração e colaboração entre diversos atores da dança e da cultura pertencentes aos países da América do Sul, com projeção na América Central, México, Caribe e articulação com outras redes, estando estruturada como uma rede social ativa, que promove o protagonismo de seus membros. Criada em 2000, a REDSD tem organizado, impulsionado e colaborado em mais de uma centena de atividades de intercâmbio, informação e capacitação na região, relacionando interesses e temáticas como arte e transformação social, tecnologias de comunicação, formação, criação, produção e circulação da dança.

Em 2009, a Rede Sulamericana de Dança, em associação com a revista eletrônica Idança, lançou a plataforma interativa www.movimiento.org, primeira rede social de dança e cultura contemporânea em língua espanhola e portuguesa. Essa plataforma dedicada à dança e ao pensamento sobre dança oferece a possibilidade de compartilhar trabalho, ideias, investigação e gerar oportunidades para projetos. Entre as atividades mais recentes da rede, os destaques ficam para o Projeto Diálogos, realizado em mais de cinco países; as cinco edições do Encontro de Criadores Latino-Americanos de Dança Contemporânea (México, Venezuela, Peru, Uruguai e Argentina); e as oito edições dos encontros presenciais da RSD, tendo sido a edição de 2009 realizada na Bahia.

SERVIÇO:
Seminário de Economia da Dança: fluxos colaborativos de gestão para a mobilidade na América Latina
Quando: 30/8 a 4/9, 9h às 18h30
Local: Auditório Orlando Moscozo (SEBRAE): Rua Horácio César, 64, 8º andar – Dois de Julho. Salvador – BA
Quanto: Grátis
Telefones:
71 8891-5414 Jaqueline Vasconcellos (português)
71 8700-0668 Nirlyn Seijas (espanhol)
E-mail: contato@pidbahia.com.br
Site: http://www.pidbahia.com.br

Anúncios

Os comentários estão desativados.