Segue até o próximo dia 30 o Cadastramento de Espaços Culturais da Bahia

Iniciativa busca reconhecer a realidade dos centros de cultura no estado

É chegada a última semana para que os espaços culturais baianos se apresentem ao Cadastramento de Espaços Culturais da Bahia, uma iniciativa que objetiva mapear e reconhecer a realidade dos diversos locais que se dedicam a atividades de cultura no estado. Até o momento, mais de 130 espaços de 70 cidades, representando 23 Territórios de Identidade da Bahia, já preencheram o formulário disponível em rede, efetivando o cadastro. A expectativa é de mobilizar mais duas centenas de pontos até o dia 30 de setembro, quando se encerram as inscrições.

Promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio da Fundação Cultural do Estado (FUNCEB) e da Superintendência de Promoção Cultural (Suprocult), o Cadastramento de Espaços Culturais, que teve início em julho, faz parte do Sistema de Informações e Indicadores em Cultura (SIIC), uma ampla base de dados que estará disponível na internet e será alimentada pelos gestores da cultura dos governos federal, estadual e municipal, e também pela sociedade civil, instituições culturais públicas, privadas e de interesse público. O SIIC pretende suprir a lacuna de informações relacionadas à cultura e é composto por três eixos básicos: Cadastro; Gestão; e Estudos e Pesquisas. O primeiro visa construir, implantar e acompanhar o cadastramento de espaços culturais, indivíduos (artistas, produtores), grupos artísticos, instituições culturais, festas populares e patrimônio cultural.

A coleta de informações atualizadas da atividade cultural baiana subsidiará o planejamento e a implementação de políticas públicas condizentes com as reais necessidades identificadas. Neste sentido, a Secretaria de Cultura já realizou o cadastramento de Filarmônicas, Fanfarras, Grupos de Culturas Populares e de Teatro de Rua do estado.

Agora, para executar o Cadastramento de Espaços Culturais da Bahia, está sendo utilizado um formulário criado através de uma ampla pesquisa realizada a partir do Censo de 1996/2006. As ações de divulgação desta iniciativa nos diversos Territórios de Identidade da Bahia vêm sendo feitas com apoio dos representantes territoriais, em contato direto com representantes dos espaços, dando auxílio também para o preenchimento do documento. Não é necessário, no entanto, aguardar convocação: qualquer cidadão responsável por um centro de cultura está convidado a participar. No total, foram identificados 330 possíveis espaços culturais para serem mapeados.

Cadastre-se e faça parte desta rede!
Para se cadastrar, um representante do espaço cultural deve preencher o formulário disponível em sistema on line. São solicitadas informações básicas, como nome, endereço, telefones, e-mails e responsáveis legais, além de dados a respeito da situação em que se encontra o espaço (em atividade, desativado, em construção etc.), existência de mantenedora e frequência de público. O único pré-requisito é que o local funcione de fato como um ambiente de cultura. No caso de dúvidas, a diretoria de Espaços Culturais da FUNCEB está à disposição para esclarecimentos, através do e-mail diretoria.espacos@funceb.ba.gov.br ou dos telefones (71) 3116-6877 e 3116-6879.

Cadastramento de espaços culturais da Bahia

Realização: FUNCEB/ Suprocult/ SecultBA
Quando: Até 30 de setembro de 2010
Onde: Formulário on line disponível aqui
Quanto: Grátis
Informações
Telefones: 71 3116-6877/3116-6879
E-mail: diretoria.espacos@funceb.ba.gov.br

Anúncios

Os comentários estão desativados.