Festival 5 Minutos celebra memória em 2010

Lançamento de box comemorativo e mostras especiais revisitam a história do evento e ajudam a planejar próximas edições

De 1994 para cá, “5 Minutos” passou a ser mais que uma simples medida de tempo e se transformou num chamamento à experimentação, num espaço dedicado à criatividade. O Festival Nacional 5 Minutos, promovido pela Diretoria de Audiovisual (Dimas) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), se consolidou como um dos mais importantes eventos de difusão audiovisual do país, atraindo realizadores de todo o Brasil e incentivando a formação de diversas gerações de cineastas e videomakers. Com treze edições realizadas e centenas de vídeos exibidos – além de shows, palestras, performances, oficinas e muitas outras atividades –, o 5 Minutos, em 2010, celebra a própria história.

Voltando o olhar à trajetória construída, a Dimas/FUNCEB apresenta, neste ano em que se comemora o centenário do cinema baiano, o projeto Memória em 5 Minutos, que realiza o lançamento de uma coletânea de 84 vídeos premiados entre 1994 a 2009, além de mostras em Salvador, nos centros de cultura da FUNCEB no interior do estado e na TV Educativa da Bahia (TVE-BA). A coletânea está compilada em caixa de quatro DVDs, disponível ao acesso do público.

“A Bahia tem vocação histórica para o audiovisual e esta Secretaria tem somado esforços para alavancar ainda mais a produção e difusão do setor no nosso estado. Além disso, temos investido muito na questão da memória, por isso a restauração do Leão de 7 Cabeças de Glauber Rocha, que estreia dia 29 de novembro no Festival de Brasília, e agora o lançamento desse box comemorativo do Festival de 5 Minutos”, diz o secretário Márcio Meirelles.

“Com o projeto Memória em 5 Minutos, conseguimos constituir um precioso acervo, que está pronto para circulação e exibição. Temos em mãos parcela significativa da história da produção em vídeo da Bahia. Essa é, portanto, uma ação de memória e difusão, que vai promover o 5 Minutos por todos os Territórios de Identidade da Bahia e fora do estado, e dar visibilidade aos artistas e criadores das obras premiadas no festival”, afirma Gisele Nussbaumer, diretora da FUNCEB.

De acordo com Sofia Federico, diretora de Audiovisual da FUNCEB, a realização do Memória em 5 Minutos é também uma oportunidade de pensar o futuro do festival, ao revisitar o seu passado. “O 5 Minutos é o segundo festival audiovisual mais antigo do estado, atrás apenas da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, que tem 38 edições. Trata-se do único evento de difusão audiovisual realizado e produzido pelo Governo do Estado. Precisa estar sempre alinhado com a demanda do seu tempo, do público e do segmento audiovisual baiano. Estamos repensando o seu formato, foco e modelo de gestão. Por isso, fizemos uma pausa em 2010 para retornar com força em 2011, na 14ª edição do evento”.

Desde 2007, a SecultBA vem apoiando a realização de mostras e festivais na Bahia. Somente no período 2009/2010, a Secretaria concedeu apoio à estruturação de mais de dez novos eventos de difusão audiovisual no estado. “Isso é um feito inédito e histórico! Mais do que nunca, precisamos repensar o Festival 5 Minutos dentro desta nova e bela realidade que vive hoje a Bahia. Temos um papel estratégico a cumprir no campo da difusão audiovisual”, garante Sofia.

Sobre o Festival 5 Minutos

O Festival 5 Minutos abre inscrição pública nacional para curtas-metragens de temática e estética livres, incentivando a experimentação e fomentando a produção audiovisual brasileira. Nesta proposta, exibe em Salvador todos os vídeos inscritos, dentro do “Panorama Nacional”. Cinquenta trabalhos são selecionados para a “Mostra Competitiva”, de onde saem os premiados em 1º, 2º e 3º lugares, além dos escolhidos como “Jovem Realizador” e por júri popular. Ainda podem ser contemplados com menções honrosas ou prêmios especiais.

A história do 5 Minutos, no entanto, não é feita só de vídeos: jogos eletrônicos, internet, mídias móveis, projeções e videoarte, vertentes e inovações do universo audiovisual, marcam presença no evento que tem construído, a cada edição, um mosaico composto por recortes da mais recente produção audiovisual do Brasil e do mundo. Além disso, o Festival promove atividades paralelas, que buscam investir na formação e aperfeiçoamento dos profissionais, discutir pautas de interesse da classe e dar visibilidade às ações.

Sobre o Memória em 5 Minutos

A caixa Memória em 5 Minutos é uma compilação de 84 curtas, num total de cerca de 430 minutos de duração, divididos em quatro mídias em DVD, pelos quais se distribuem os vídeos premiados das 13 edições, realizadas nos anos de 1994 a 2000, 2003 a 2005 e 2007 a 2009. São trabalhos independentes de cineastas, videomakers e artistas em geral, de variadas temáticas e formatos.

Entre eles, estão obras de realizadores que hoje têm reconhecimento nacional e até internacional, como Ayrson Heráclito (codiretor de Oeste, premiado em 1994), Wagner Moura (que atua em Borboletas, um dos seus primeiros vídeos, dirigido por Eduardo Lino e premiado em 1995), Marcondes Dourado (diretor de Seiscentos e Sessenta e Seis, também premiado em 1995, e de Como uma Onda, “Melhor Vídeo Baiano” em 1999), além de Pola Ribeiro (diretor de Mera Abulia, ou Vontade em Excesso?, premiado em 1997), Roberto Berliner (diretor de A Pessoa É para o que Nasce, premiado em 1999) e Elísio Lopes Jr. (diretor de Adela, que lhe rendeu “Menção Honrosa – Jovem Realizador”, também em 1999). Integram também o box vídeos premiados de Camilo Cavalcante (diretor de Ave Maria ou Mãe dos Oprimidos, “Menção Especial” em 2003), Daniel Lisboa (diretor de O Fim do Homem Cordial, premiado em 2004) e Alê Abreu (diretor de Passo, “Menção Honrosa” em 2007).

Com uma tiragem de três mil unidades, o box Memória em 5 Minutos será distribuído gratuitamente, em nível nacional, para instituições culturais prioritariamente ligadas à pesquisa e/ou à difusão audiovisual, instituições de ensino, cineclubes, centros de cultura e, claro, parceiros e realizadores de todos os vídeos integrantes da caixa.

O Memória em 5 Minutos tem lançamento marcado para o dia 18 de novembro, às 19 horas, no Cinema do Museu (Corredor da Vitória), com uma mostra dos vídeos premiados em 1º lugar nas 13 edições do Festival.

Anúncios

Os comentários estão desativados.