Mostra coletiva Nós Precisamos em Vitória da Conquista

Com abertura em 20 de maio, exposição reúne obras dos artistas plásticos Fernando Pião, Joãozito e Lanussi Pasquaili

Nós Precisamos

No próximo dia 20 de maio (sexta-feira), às 20 horas, será aberta a exposição Nós Precisamos, dos artistas plásticos Fernando Pião, Joãozito e Lanussi Pasquali, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista (Bahia). A mostra coletiva fica então em cartaz até 11 de junho, de terça a domingo, das 13 às 19 horas. O projeto é vencedor do edital Giro das Artes Visuais – Apoio à Circulação de Exposições no Estado da Bahia, da Fundação Cultural do Estado (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura (SecultBA), mediante recursos provenientes do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

O projeto Nós Precisamos consiste na itinerância desta exposição de arte contemporânea, que já passou pela cidade de Cachoeira, em novembro e dezembro passados. Agora, além da mostra em Vitória da Conquista, será promovido o debate “A Arte e os Fluxos”, com presença dos artistas e da historiadora e crítica de arte paulistana Cristina Pescuma, no próprio dia de abertura (20 de maio), às 18 horas.

Composta por instalações, vídeos, videoinstalações, objetos e textos, a exposição trata dos modos de vida e do cotidiano, materializando símbolos presentes no dia-a-dia através de imagens. Os artistas pretendem cruzar universos de aparências díspares, buscando ressonâncias, diálogos, afinidades, aproximações e afastamentos para, a partir disso, tensionarem a discussão sobre a produção de arte contemporânea e seus processos particulares.

O baiano Joãozito, natural de Amargosa, e Lanussi Pasquali, de Riozinho (RS), são radicados em Salvador. Já Fernando Pião, nascido em Brumado (BA), atualmente reside em São Paulo (SP). Pião desenvolve suas pesquisas em fotografia e vídeo partindo de paisagens, deslocamentos e trajetos percorridos para chegar a espaços expositivos e culturais, assim discutindo as relações entre o espaço do corpo e o espaço da cidade. Ele também desenvolve trabalho semelhante em regiões rurais do interior baiano, principalmente no Território de Identidade Sertão Produtivo, onde nasceu e viveu.

Sobre a parceria tripla neste projeto, Fernando Pião explica: “Temos uma longa história de conversas e discussões sobre a arte e questões próximas. Há uma grande vontade entre nós de fazer ações e intervenções no que tange às artes, não só como práticas artísticas, mas também nas políticas culturais”. Lanussi Pasquali complementa: “Particularmente em Nós Precisamos, o interesse por pequenos acontecimentos, por realidades simples, aproxima todos os trabalhos, mesmo com materialidades diferentes”.

O conteúdo da mostra, segundo Lanussi, destaca a diversidade e os embates que nela existem: “Acredito que a matéria-prima seja a possibilidade de proporcionar ou provocar encontros inusitados: o encontro entre materiais opostos, como o gelo e a pelúcia; o encontro do público com imagens e acontecimentos cotidianos que passam despercebidos ou são inacessíveis; o encontro entre realidades tão distantes, como a grande metrópole e a pequena cidade, o interior, o sertão”, afirma.

Avaliando a oportunidade de realizar este trabalho com apoio de edital público estadual, lançado pela FUNCEB/SecultBA, Lanussi opina: “Acredito que, talvez pela primeira vez, existe uma vontade de fazer da cultura um meio de transformar o país em uma nação – não-homogênea, mais plural, diversa. A cultura deixou de ser pensada como um luxo das elites, para ser pensada como um direito de todos. Certamente, os editais lançados pelos governos federal e estadual têm facilitado e democratizado muito o acesso a verbas destinadas à área; vejo isso claramente na Bahia. Evidentemente, podemos tecer ainda muitas críticas, apontar dificuldades, mas acredito que faz parte do processo de aprendizagem tanto nosso – artistas, agentes culturais e cidadãos – quanto do próprio governo”.

SERVIÇO

Exposição: Nós Precisamos
Artistas: Fernando Pião, Joãozito e Lanussi Pasquali
Local: Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima (Av. Rosa Cruz, 45, Vitória da Conquista/BA. Tel.: 77 3424-4725)
Debate “A Arte e os Fluxos”: 20/5/2011 (sexta-feira), 18 horas
Abertura: 20/5/2011 (sexta-feira), 20 horas
Visitação: 21/5 a 11/6, de terça a domingo, das 13 às 19 horas
Gratuito

Anúncios

Os comentários estão desativados.