Encontros apresentam o Calendário das Artes em Salvador e mais 13 cidades baianas

Edital é divulgado para comunidades em série de eventos com a presença de gestores da FUNCEB

 

Com o objetivo de fortalecer a divulgação do Calendário das Artes perante artistas, produtores e demais possíveis interessados, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), vai ao encontro da população em uma série de eventos de lançamento simbólico e apresentação do edital. Durante o mês de março, em Salvador e outras 13 cidades da Bahia, gestores da FUNCEB vão conduzir reuniões para mobilizar a participação de proponentes, bem como discutir as características do Calendário das Artes e dar orientações sobre a inscrição de propostas.

A 1ª etapa dos encontros acontece em Salvador e Região Metropolitana, nos dias 8 e 9 de março (quinta e sexta-feira), nos bairros de Alagados, Barris, Cajazeiras, Castelo Branco, Engenho Velho de Brotas, Itapuã e Plataforma, além das cidades de Camaçari e Lauro de Freitas.

A 2ª etapa dos encontros percorre outros onze municípios baianos – Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Itaberaba, Jequié, Juazeiro, Mutuípe, Senhor do Bonfim, Valença e Vitória da Conquista – entre os dias 10 e 21 de março.

Representantes da FUNCEB também vão comparecer a eventos artístico-culturais que estão sendo realizados no período, investindo na publicização do edital, a exemplo do que já foi feito no ciclo de debates do Diálogos Culturais, que ocorreu em Cachoeira nos dias 27 e 28 de fevereiro, e de visita à 5ª edição do Cine Capão, que acontece entre os dias 5 e 10 de março no Vale do Capão, em Palmeiras.

Esta ação de encontros e circulação dá continuidade à prática do diálogo adotada pela FUNCEB, através de diversos encontros setoriais e do projeto FUNCEB ITINERANTE, realizado pela primeira vez em 2011, em que os dirigentes da Fundação visitaram os seis Macroterritórios baianos, representados pelas cidades de Alagoinhas, Senhor do Bonfim, Itaberaba, Barreiras, Vitória da Conquista e Ilhéus. A inclusão destas mesmas cidades na lista de locais a serem agora mais uma vez visitados visa a garantir que a população verifique o retorno dado às suas demandas, que apontaram maciçamente para as questões de facilitação e territorialização do acesso aos recursos públicos, fazendo o interior do estado ser representado nos mecanismos de apoio e em suas comissões de seleção, além de priorização do estímulo a pequenos projetos – pleitos ainda confirmados através das propostas resultantes das 26 Conferências Territoriais e da IV Conferência Estadual de Cultura, realizadas pela SecultBA no segundo semestre do ano passado.

O Calendário das Artes, que se configura na intenção de contemplar estas questões, abrange as áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas, sendo um mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais de pequeno porte na Bahia, que objetiva estimular o desenvolvimento das artes no estado. Concede prêmios de até R$ 13 mil e prioriza propostas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiem a diversidade cultural.

As inscrições para a 1ª Chamada da edição 2012 do Calendário das Artes estão abertas até 2 de abril, recebendo propostas de ações para serem iniciadas entre os dias 1º de junho e 31 de agosto deste ano. Serão no mínimo 42 contemplados, somando um investimento total de R$ 546 mil, com previsão de que sejam pelo menos sete propostas premiadas de cada um dos seis Macroterritórios da Bahia. Para tanto, a avaliação dos projetos será feita de forma territorializada, com concorrência e comissões de seleção específicas em cada Macroterritório. O edital do Calendário das Artes, bem como seus anexos, orientações e mais informações, está disponível no site www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.

Calendário das Artes também é pauta de Videoconferênciassaiba mais clicando aqui.


ENCONTROS DO CALENDÁRIO DAS ARTES

ETAPA 1: Salvador e Região Metropolitana
 
8 de março (quinta)
Alagados – 19 às 21 horas
Espaço Cultural Alagados (Rua Direita do Uruguai, s/n – Uruguai)
Barris – 19 às 21 horas
Espaço Xisto Bahia (Rua General Labatut, 27 – Barris)
Cajazeiras – 19 às 21 horas
Escola Estadual Luiz José de Oliveira (Rua H, Via Coletora B, s/n – Fazenda Grande I – Cajazeiras)
Castelo Branco – 19 às 21 horas
Centro Social Urbano de Castelo Branco (Rua  A, s/n – 3ª Etapa de Castelo Branco)
Engenho Velho de Brotas – 19 às 21 horas
Cine-Teatro Solar Boa Vista (Parque Boa Vista de Brotas, s/n – Engenho Velho de Brotas)
Lauro de Freitas – 19 às 21 horas
Centro de Cultura de Lauro de Freitas (Praça João Thiago Santos, s/n – Centro – Lauro de Freitas)
Plataforma – 19 às 21 horas
Centro Cultural Plataforma (Praça São Braz, s/n – Plataforma)

9 de março (sexta)
Camaçari – 16 às 18 horas
Cidade do Saber (Rua do Telégrafo, s/n – Bairro do Natal – Camaçari)
Itapuã – 19 às 21 horas
Casa da Música (Parque Metropolitano do Abaeté, s/n – Itapuã)


ETAPA 2: Interior da Bahia
 
10 de março (sábado)
Vitória da Conquista – 16 às 18 horas
Teatro Municipal Carlos Jehovah (Praça da Bandeira, s/n – Centro)

14 de março (quarta)
Alagoinhas – 10 às 12 horas
Centro de Cultura Alagoinhas (Rua Coronel Filadelfo Neves, s/n)
Barreiras – 19 às 21 horas
Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho (Praça Landulfo Alves, s/n)
Juazeiro – 19 às 21 horas
Centro de Cultura João Gilberto (Rua José Petitinga, s/n – Santo Antônio)
Mutuípe – 13h30 às 15h30
Casa de Cultura de Mutuípe (Avenida Dr. Bartolomeu Chaves, 95 – Centro)

15 de março (quinta)
Ilhéus – 19 às 21 horas
Casa de Jorge Amado (Rua Jorge Amado, 21 – Centro)
Jequié – 19 às 21 horas
Centro de Cultura ACM (Praça Duque de Caxias, s/n)
Senhor do Bonfim – 19 às 21 horas
CVTT – Centro Vocacional Tecnológico Territorial (Av. ACM, 162)

16 de março (sexta)
Itaberaba – 19 às 21 horas
CETEP – Centro Territorial de Educação Profissional Piemonte do Paraguaçu (Rua Góes Calmon, s/n – Centro)

17 de março (sábado)
Feira de Santana – 9 às 11 horas
Centro Universitário de Cultura e Artes da UFES (Rua Conselheiro Franco, 66 – Centro)

21 de março (quarta)
Valença – 9 às 11 horas
Centro de Cultura Olívia Barradas (Rua Maestro Barrinha, s/n – Graça)

Quanto: Grátis
Realização: FUNCEB/ SecultBA
Apoio: Educadora FM/ TVE Bahia/ IRDEB

Anúncios

Os comentários estão desativados.