Divulgado o resultado da 2ª Chamada do Calendário das Artes

Mais 42 projetos de pequeno porte serão apoiados em toda a Bahia, estimulando o desenvolvimento das Artes no estado

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA), anuncia o resultado da 2ª Chamada do Calendário das Artes, mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais de pequeno porte na Bahia, que objetiva estimular o desenvolvimento das Artes no estado. Com inscrições abertas de 25 de maio a 9 de julho, esta 2ª Chamada se volta a apoiar projetos com data inicial de realização entre os dias 1º de outubro e 31 de dezembro deste ano. Foram 705 propostas inscritas, oriundas de todos os 27 Territórios de Identidade baianos, das quais 42 foram selecionadas – sete em cada um dos seis Macroterritórios da Bahia –, nas áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas. A lista de selecionados e suplentes, bem como informações detalhadas acerca do Calendário das Artes, está disponível no site www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.

Com aporte financeiro total de R$ 546 mil a cada Chamada, o Calendário das Artes concede prêmios de até R$ 13 mil. Feito de forma calendarizada, com a finalidade de organizar as solicitações e a distribuição de recursos ao longo do ano, o edital se fundamenta na acessibilidade e ampliação do investimento na produção artística de toda a Bahia, considerando sua grande diversidade e dimensões territoriais. Neste sentido, inclui premissas que buscam abarcar propostas de todas as regiões do estado em quantidade igualitária: a avaliação dos projetos é feita de forma territorializada e os inscritos de cada Macroterritório da Bahia concorrem apenas entre si. As comissões de seleção são também específicas e formadas, além de membros do Estado, por representantes locais e de diferentes regiões baianas, escolhidos através de consulta a entidades artísticas e culturais dos diversos Territórios de Identidade, além da própria sociedade civil.

Os selecionados são oriundos de 33 cidades da Bahia, abrangendo 23 dos 27 Territórios de Identidade existentes no estado, e suas ações vão alcançar 55 municípios. Serão nove projetos de Artes Integradas, sete de Música, seis de Audiovisual, cinco de Teatro, quatro de Circo, quatro de Dança, quatro de Literatura e três de Artes Visuais iniciando suas ações nos próximos meses. Foram priorizadas propostas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiam a diversidade cultural, contemplando as mais diversas ideias de artistas, grupos e produtores, amadores ou profissionais.

O Calendário das Artes foi concebido através de um processo de diálogo com a sociedade civil e requalifica o Calendário de Apoio a Projetos Culturais, que foi realizado entre 2008 e 2011. No ano passado, o Calendário de Apoio distribuiu R$ 563 mil para 64 projetos selecionados dentre 650 inscritos. Já o Calendário das Artes, que, na 1ª Chamada de 2012, apoiou 43 projetos dentre 1.071 inscritos, apresenta a soma, nas suas duas Chamadas do ano, de um investimento de R$ 1,092 milhão para a execução de 85 projetos, selecionados num total de 1.776 inscritos.

Os números significativos do Calendário das Artes demonstram a assertividade de seus posicionamentos, bem como da importância de uma articulação entre setores públicos e sociais para a mobilização da sociedade. Os resultados positivos foram alcançados com o apoio de dirigentes municipais de Cultura, dos Representantes Territoriais da Cultura, vinculados à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) da SecultBA, da Diretoria de Espaços Culturais da SecultBA e dos seus Centros de Cultura que abrigaram as incrições e seleções territorializadas (Amélio Amorim – Feira de Santana, Mutuípe e Porto Seguro), da Prefeitura e Secretaria Municipal de Cultura de Irecê, da Diretoria Regional de Educação – DIREC 22 de Ibotirama, da Educadora FM e TVE Bahia, vinculadas ao Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB) da Secretaria de Comunicação do Governo do Estado da Bahia (SECOM), do Instituto Anísio Teixeira (IAT), vinculado à Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC), e da imprensa da Bahia, em especial os veículos das cidades do interior do estado.

Anúncios

Os comentários estão desativados.