Chamada Pública para Oficinas de Qualificação nos Circos

FUNCEB vai selecionar artistas do Novo Circo e Circos Tradicionais para projeto que visa à qualificação técnica dos circos e experiência itinerante de circenses

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), está recebendo inscrições até o dia 31 de agosto para o projeto Oficinas de Qualificação nos Circos, que vai promover uma interlocução entre o Novo Circo e o Circo Tradicional na Bahia. Esta Chamada Pública vai selecionar oito artistas circenses das grandes cidades para fazer residência e realizar oficinas em três circos itinerantes, que serão também escolhidos através do cadastro, possibilitando uma troca de experiências essencial para ambas as partes. O edital da Chamada Pública das Oficinas de Qualificação nos Circos, que apresenta todas as condições de participação, e o formulário de inscrição on line estão disponíveis no endereço www.fundacaocultural.ba.gov.br/oficinasnoscircos.

Assim como o conjunto de ações públicas que vêm sendo realizadas para o fomento ao Circo na Bahia nos últimos seis anos, esta iniciativa foi motivada pelos diagnósticos do Mapeamento e Memória do Circo na Bahia, feito através de viagens por toda a Bahia no contato direto com os circenses, num trabalho de pesquisa iniciado em 2007. O Mapeamento, que já contabilizou 56 companhias, evidenciou uma carência de qualificação técnica dos artistas que circulam pelo interior baiano. Este fator é decisivo para as deficiências dos espetáculos apresentados e a consequente restrição de público, impactando na receita dos circos itinerantes e na qualidade de vida de quem os mantém. Por outro lado, o Mapeamento também demonstra que os artistas que atuam nas trupes e companhias estabelecidas nas grandes cidades possuem mais acesso às novas informações, métodos e tecnologias, porém não detêm os saberes referentes à itinerância no estado.

Tendo em vista esta realidade, o projeto Oficinas de Qualificação nos Circos objetiva oportunizar este intercâmbio providencial, qualificando o circo itinerante – ou Circo Tradicional – e possibilitando aos artistas do Novo Circo a vivência da itinerância. Para tanto, os representantes do Novo Circo selecionados vão ministrar aulas durante 15 dias em três circos itinerantes que circulam na Bahia, também submetidos à seleção. Com a Chamada Pública, será formado um grupo de oito oficineiros: um diretor de espetáculo, um produtor, um técnico de segurança circense, dois especialistas em técnicas aéreas, dois de solo e um palhaço. Cada um deles vai receber o valor bruto de R$ 11.520,00, referente a cachê e despesas relacionadas ao trabalho. Já os circos, além da oportunidade de qualificação, serão premiados com o valor bruto de R$ 9.000,00 cada. O projeto soma, portanto, um total de R$ 119.160,00 de investimento.

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, com o preenchimento do devido formulário acessível na página do projeto. Este cadastro, por fim, também contribuirá para atualizar informações do próprio Mapeamento e Memória do Circo na Bahia.

Oficinas de Qualificação nos Circos
Inscrições abertas
Seleção de:
3 circos itinerantes
8 artistas do Novo Circo
Quando: até 31 de agosto
Onde: www.fundacaocultural.ba.gov.br/oficinasnoscircos
As inscrições são feitas exclusivamente pela internet
Quanto: Gratuito
Realização: FUNCEB/ SecultBA

Anúncios

Os comentários estão desativados.