Salões de Artes Visuais da Bahia chegam a Jequié

2ª exposição da edição que comemora os 20 anos dos Salões Regionais de Artes Visuais da Bahia reúne mais 25 obras em mostra da atual produção baiana na área

Nesta sexta-feira, 17 de agosto, às 19 horas, será aberta em Jequié a segunda exposição da edição 2012 dos Salões de Artes Visuais da Bahia. Reunindo 25 obras de diversos estilos e temáticas, a mostra seguirá em cartaz no Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães, com visitação gratuita, até 30 de setembro, de segunda a sábado, das 8 às 12 e 14 às 18 horas. Resultado de edital da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), os Salões são uma ação de difusão e incentivo à produção em Artes Visuais no estado por possibilitarem a divulgação de trabalhos, a circulação de artistas e a formação de público.

Neste ano, o edital Salões de Artes Visuais da Bahia teve 218 proponentes inscritos, sendo 37% oriundos do interior da Bahia, que apresentaram propostas de arte e tecnologia, assemblage, cerâmica, colagem, desenho, design gráfico (ilustração, humor gráfico e quadrinhos), escultura, fotografia, grafitti, gravura, instalação, intervenção urbana, objeto, performance, pintura, tapeçaria e videoarte. Foram selecionadas 75 obras, de 68 diferentes artistas – 40 (58% do total) residentes em Salvador e 28 (42%) de outras 14 cidades. Os trabalhos, como acontece desde 1992, compõem três exposições, com 25 obras cada, feitas em centros de cultura de cidades do interior baiano. A primeira sede foi Irecê, onde a mostra, aberta em 27 de julho, continua até 8 de setembro, no Espaço ISI. Depois, será a vez de Juazeiro (Centro de Cultura João Gilberto, 21 de setembro a 4 de novembro).

Dos artistas do Salão de Artes Visuais de Jequié, 14 são oriundos da capital e 11 de outros municípios. Na abertura, uma comissão de premiação formada por profissionais especializados anunciará os três premiados do Salão, que vão receber, cada um, um prêmio de R$ 7 mil, além de até duas Menções Honrosas. O mesmo ocorre nas outras duas mostras que compõem os Salões 2012, perfazendo, portanto, um total de R$ 63 mil em premiações, sem contar com o auxílio no valor de R$ 800 para o custeio da participação que todos os expositores recebem. Haverá, ainda, o Prêmio do Público, resultante da votação dos visitantes em cada mostra.

Consolidado como um dos principais objetos de incentivo à criação e difusão de produção artística e à dinamização dos espaços expositivos do interior do estado, os Salões de Artes Visuais da Bahia oferece, ainda, oficinas artísticas gratuitas nas localidades visitadas. Os cursos, períodos de inscrição e outras informações a respeito dos mesmos serão divulgados durante a exposição.

Em 2013, todos os premiados deste ano vão integrar uma edição especial dos Salões no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA). As obras irão também compor as páginas do Catálogo dos Salões de Artes Visuais da Bahia, publicação bianual de registro e divulgação. As duas edições já lançadas do Catálogo (2007/2008 e 2009/2010), além de suas versões impressas, estão disponíveis para download no site da FUNCEB.

Novidades
Diversas novidades integram o projeto em 2012, e a primeira delas está no seu próprio nome. Antes chamado de Salões Regionais de Artes Visuais da Bahia, os Salões de Artes Visuais da Bahia, com novo nome, assumem sua representação múltipla e contemporânea, que extrapola referências e características regionais.

A modalidade “intervenção urbana” entre as manifestações artísticas contempladas pelo edital é mais uma inovação da edição de 2012, que contará, também pela primeira vez, com o Prêmio do Público – resultante de votação direta dos visitantes de cada exposição.

Para completar a lista de novidades, um sistema inédito: todas as Comissões terão a presença de um profissional renomado de fora do estado da Bahia. A inovação possibilita um olhar externo em relação à produção baiana, além de ampliar os critérios de análise para além de fatores regionais e contribuir para a divulgação das artes visuais da Bahia junto a curadores e críticos de arte brasileiros.

Veja lista dos artistas e obras participantes do Salão de Artes Visuais de Jequié

 

ARTISTAS

NOME DA OBRA

CIDADE

1

Adriano Santos Ramos Protegida Jequié

2

Alexsandro Oliveira Santos Cidade Babilônia Salvador

3

Arisson Rodrigues Sena Problema Pessoal Vitória da Conquista

4

Bruno Marcello Olhe no Bluetooth Salvador

5

Carlos Rafael Luz de Souza “Ymbu” – Árvore que dá de beber Paulo Afonso

6

Clériston Soares Navegando Valença

7

Edson Almeida Machado Mural Urbano Feira de Santana

8

Fernando Jesus M. Queiroz Sebastião como pretexto Salvador

9

George Varanese Neri Universal Serial Bus Vitória da Conquista

10

José Augusto A. Barreto (Augus) Contempladores da Ganância Insaciável Jequié

11

José Raimundo Magalhães Rocha Prometeu e São João Cruz das Almas

12

Leandro Estevam Maciel De Cor Salvador

13

Luzenildo Ferreira Salomão Desafios Valença

14

Mariana David de Aragão I´m  not  there Salvador

15

Mike Sam Chagas Escolha Sua Garota Favorita Salvador

16

Paulo Coqueiro Guardados (cartão postal) Salvador

17

Pedro Juarez Oliveira Pinheiro Só a arte salva Araci

18

Péricles Mendes Autômatos Salvador

19

Ricardo Alvarenga Ribeiro Autopoiese Salvador

20

Ricardo Guimarães Olho Branco Salvador

21

Rosane Andrade Ausentes Salvador

22

Samuel Silva dos Santos Ensaio sobre o Vazio (políptico) Salvador

23

Tiago Gomes Lima (Coletivo Erro) Carregamento Móveis Salvador

24

Viviane Viriato Sem Título Amargosa

25

Vladimir Santos Oliveira Inflamável Salvador

Salão de Irecê No último dia 27 de julho, na cidade de Irecê, deu-se a estreia da edição 2012 dos Salões de Artes Visuais da Bahia, com público de mais de 150 pessoas no evento. Na ocasião, a comissão de premiação formada por Fernanda Albuquerque, Adalberto Alves e Sólon Barretto anunciou os premiados do Salão: Aécio Oliveira, de Irecê, por Compartilhe e Curte; Juliana Moraes, de Salvador, por Que Não Foi de Ninguém; e Rosa Bunchaft, também de Salvador, por Projeções sobre o Inacabado. Também foram homenageados com menções honrosas os artistas Devarnier Hembadoom, de Simões Filho, e João Oliveira, de Salvador, pelas obras Olimar, Grande Mãe Flor Nuclear Refletindo seu Papel Social Socorrida por um Gardenal e Coma Meu Coração Sem Pena enquanto É Tempo – I, respectivamente. O Salão de Irecê segue em cartaz no Centro Espaço ISI até 8 de setembro, de segunda a sábado, das 9 às 20 horas. A exposição reúne trabalhos de 25 artistas (15 oriundos de Salvador e 10 de outros municípios da Bahia).

Exposições dos Salões de Artes Visuais da Bahia 2012
Edição em Irecê
Espaço ISI (Rua Rio de Janeiro, 383 – Fórum)
Visitação: Até 8 de setembro, segunda a sábado, 9 às 20 horas
Edição em Jequié
Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães (Praça Duque de Caxias, s/n – Jequiezinho)
Abertura: 17 de agosto, 19 horas
Visitação: 18 de agosto a 30 de setembro, segunda a sábado, 8 às 12 e 14 às 18 horas
Edição em Juazeiro
Centro de Cultura João Gilberto (Rua José Petitinga, s/n)
21 de setembro a 4 de novembro (horários a divulgar)
Gratuito
Informações: 71 3324-8519 / saloes.artesvisuais@funceb.ba.gov.br
Realização: FUNCEB/ SecultBA
Apoio: DEC/SUDECULT e Prefeitura Municipal de Irecê

Anúncios

Os comentários estão desativados.