Escola de Dança da FUNCEB e grupos artísticos participam de cortejo de encerramento da Semana da Cultura Popular

Alunos, artistas e comunidade homenageiam Luiz Gonzaga e Jorge Amado na tradicional caminhada coreográfica

Pelo sexto ano, crianças e jovens alunos da Escola de Dança da FUNCEB realizam o tradicional cortejo em reverência à Cultura Popular, nesta sexta-feira, 31 de agosto. Com concentração no Cruzeiro do São Francisco, às 14h30, a caminhada, que agrega também grupos artísticos convidados, inicia seu percurso às 15 horas, a partir do Terreiro de Jesus, numa colorida e coreográfica ocupação do Centro Histórico de Salvador. O cortejo vai levar para as ruas personagens criados por Jorge Amado, misturados a sanfoneiros e retirantes da seca, em menção à obra de Luiz Gonzaga. Também não irão faltar samba, xaxado, capoeira e outras danças populares brasileiras.

A ação encerra a 2ª edição da Semana da Cultura Popular, iniciativa do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI/SecultBA), que promove uma programação especial e totalmente gratuita no Pelourinho entre os dias 28 e 31 de agosto. Este ano, o evento homenageia o centenário de nascimento de Jorge Amado e Luiz Gonzaga, tendo como tema a riqueza e a diversidade cultural da Bahia. Integrando as atrações, estarão manifestações populares de linguagens distintas, diálogos interculturais, palestra, apresentações de música e dança, exibições de filmes, entre outras, tendo o cortejo coreográfico como momento final.

“É importante comemorar a sabedoria popular. O cortejo é uma das formas de chamar a atenção da população para a necessidade de valorizar esta cultura. Na Escola de Dança da FUNCEB, as crianças, desde os cinco anos de idade, até os adultos alunos aprendem sobre cultura popular, conteúdo que faz parte das disciplinas aplicadas na instituição”, explica Clécia Queiroz, coordenadora do Curso Preparatório da Escola.

A participação dos alunos da Escola de Dança da FUNCEB neste cortejo é uma prática que se alinha à Lei 10.639/2003, que torna obrigatória a inclusão de História e Cultura Afro-brasileira nos currículos escolares. Os cursos preparatórios e profissionalizantes da instituição estão atualizados com esta exigência, tendo em suas grades disciplinas como Danças Afro-brasileiras, Danças Populares e Capoeira.

A Escola de Dança da FUNCEB constituiu-se como a primeira escola pública do gênero no país, e integra o Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada da Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA). Com sede no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador, capital da Bahia, a instituição reflete a identidade cultural do estado, reconhecendo, valorizando e disseminando suas origens e diversidade, na perspectiva de uma educação integral, democrática e cidadã.

Cortejo de encerramento da Semana da Cultura Popular
Quando: 31 de agosto: concentração às 14h30; saída às 15 horas
Onde: Pelourinho – Centro Histórico de Salvador
Concentração no Cruzeiro do São Francisco. Percurso a partir do Terreiro de Jesus, passando pela Rua Alfredo de Brito e Largo do Pelourinho, e finalizando na Rua Gregório de Mattos.
Quanto: Gratuito
Informações: 71 3116-6644
Realização: CCPI/ Escola de Dança da FUNCEB/ CFA/ FUNCEB/ SecultBA

Anúncios

Os comentários estão desativados.