Pedro David expõe trabalho vencedor do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger no MAM-BA

Projeto O Jardim foi premiado na 4ª edição do certame de alcance nacional da FUNCEB/SecultBA e faz reflexões acerca da realidade urbana de Belo Horizonte

No dia 28 de setembro, às 19 horas, vai ser aberta na Galeria 3 do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) a exposição O Jardim, do fotógrafo mineiro Pedro David. O trabalho fotográfico é vencedor do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger 2010/2011, certame promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) – um dos dois maiores concursos, em termos financeiros, para trabalhos fotográficos do Brasil. A mostra ficará em cartaz para visitação gratuita até o dia 28 de outubro.

Em O Jardima fotografia, registrada em chapas de 4×5 polegadas, é tratada de forma a agregar técnica, específica para fotografia em formato grande, hoje pouco explorada no universo digital, à abordagem de questões contemporâneas, como a expansão civilizatória sobre os limites da natureza, a saturação das grandes cidades, a fuga para a periferia e a busca ontológica do homem por autoconhecimento, território e qualidade de vida. A comissão de seleção desta 4ª edição do concurso, formada por José Carlos Mamede, Leonardo Costa Braga e Sérgio Burgi, considerou o trabalho de “excelente qualidade estética, transitando e refletindo sobre aspectos relevantes da linguagem fotográfica contemporânea, ao mesmo tempo em que dialoga com vertentes tradicionais da fotografia clássica e moderna”.

O Jardim busca “entender a expansão da cidade (Belo Horizonte) para fora de seus limites, o embate ente seus habitantes com a natureza e as razões que levam pessoas tão diferentes a procurar os mesmos pedaços de periferia”, segundo o próprio autor, que participa também da Conversa com o Artista, ação educativa do MAM-BA. O bate-papo sobre o processo de construção do trabalho acontece no Cinema do MAM-BA, no dia 2 de outubro, das 15 às 17 horas.

Nascido em 1977, Pedro David é fotógrafo autônomo desde 1997 e formado em jornalismo em 2001 pela PUC-Minas. Cursou pós-graduação em artes plásticas e contemporaneidade na Escola Guignard – UEMG, em 2007. Desde 2008, mora na região periférica de Belo Horizonte, transitando entre os bairros Vale do Sol e Jardim Canadá, a 20 quilômetros do centro da cidade, e tenta estabelecer com estes bairros uma relação de pertencimento.

Artista promissor, Pedro já havia sido ganhador de outros importantes prêmios:União Latina – Martin Chambi de Fotografia (2010); Porto Seguro Brasil de Fotografia (2005); Prêmio Mostra Competitiva do 32º Festival de Inverno da UFMG; e menção honrosa no Prêmio Annual de Fotografia Urbanística, na Argentina (2000). Participa de diversas coleções de arte públicas e privadas, no Brasil e no exterior. Desde 1999, também vem realizando exposições individuais em diversas cidades brasileiras e de outros países. Mais informações sobre o artista estão disponíveis no site www.pedrodavid.com.

O PRÊMIO: Criado em 2002, o Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger é um concurso bianual promovido pela FUNCEB/SecultBA, com objetivo de incentivar, divulgar e valorizar a produção fotográfica brasileira. A premiação é dada a um conjunto de trabalhos de temática e técnica livres, de um fotógrafo residente no país. Além de condecoração no valor de R$ 30 mil, o selecionado recebe apoio financeiro para a realização de uma exposição individual em Salvador e para a publicação de um catálogo com o ensaio, num investimento total de R$ 60 mil.

Na sua quarta edição, do biênio 2010/2011, foram inscritas 109 propostas, sendo 44 da Bahia e 65 de outros estados, como Amazonas, Mato Grosso, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

MEMBROS DA COMISSÃO DE SELEÇÃO
José Carlos Mamede
Professor de Fotografia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), desde 1994. Foi chefe do departamento de Comunicação da UFBA no biênio 2006-2008. Coordenou o Laboratório de Fotografia da Faculdade entre 1998-2001. Defendeu tese em fotografia no Mestrado de Comunicação e Cultura Contemporâneas, na UFBA, em 1997. É curador de exposições fotográficas e coordenador de cursos de extensão universitária em fotografia.

Leonardo Costa Braga
Brasiliense, vencedor do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger 2008/2009, vive em Caeté, Minas Gerais. De formação autodidata, desenvolve projetos com artes visuais para ampliar os conceitos e formas da inteligência na relação cotidiana do homem consigo mesmo e o ambiente. Realizou exposições individuais no Centro Cultural Elida Marquizo (Uruguai, 2011); Festival Internacional de Fotografia de Paraty (2010); Palácio Rio Branco (Salvador, 2010); e Centro Municipal de Fotografia de Montevidéu (2010). Ganhador do prêmio da Fundação Bienal de São Paulo, Brasil Arte Contemporânea (2010), Fundação Conrado Wessel, Brasil, Ensaio Selecionado (2009) e Walter Firmo, Brasil (Menção Honrosa, 2001), entre outros.

Sérgio Burgi
Coordena a área de fotografia e a Reserva Técnica Fotográfica do Instituto Moreira Salles (IMS), principal instituição voltada para a guarda e preservação de acervos fotográficos do Brasil. Paulistano, ingressou na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1976 e na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, em 1978. Formou-se em Ciências Sociais pela USP em 1981 e ingressou, no mesmo ano, no curso de Mestrado em Conservação Fotográfica da School of Photografic Arts na Sciences, Rochester Institute of Technology, ambos com trabalhos específicos na área de conservação fotográfica. Foi Coordenador do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica da Fundação Nacional da Arte, no Rio de Janeiro, entre 1984 e 1991. É membro do Grupo de Preservação Fotográfica do Comitê de Conservação do Conselho Internacional de Museus (ICOM), desde 1999.

O Jardim, de Pedro David
Abertura: 28 de setembro de 2012, 19h
Visitação: 29 de setembro a 28 de outubro de 2012, terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados das 14h às 19h.
Conversa com o Artista: 2 de outubro, 15h às 17h
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA)
Avenida Contorno, s/n, Solar do Unhão. Telefone: 71 3117-6131
Quanto: Grátis
Realização: MAM-BA/ Dimus/ IPAC/ FUNCEB/ SecultBA
Site: www.funceb.ba.gov.br

Anúncios

Os comentários estão desativados.